quinta-feira, fevereiro 29, 2024
quinta-feira, fevereiro 29, 2024

MV registra o melhor resultado de vendas da sua história

Focada em reforçar a importância do cuidado com as pessoas e o futuro da saúde, a MV registrou em 2022 o melhor resultado de vendas da sua história. O recorde é reflexo do crescimento da adoção de tecnologias por parte das organizações e a grandeza do ecossistema de saúde construído pela companhia que dispõe de soluções para todo o setor.

De janeiro a dezembro, a MV atingiu o montante de R$ 190 milhões em vendas, aumento de quase 50%, considerando o mesmo período de 2021. Os bons indicadores já vêm sendo atingidos ano a ano e a meta da healthtech é chegar a R$ 1 bilhão em receitas até os próximos anos.

De acordo com o MoVing The Future – “Panorama do uso do Prontuário Eletrônico do Paciente no Brasil”, estudo realizado pela MV sobre tecnologias e tendências que estão impactando a transformação do cenário da saúde, a companhia é responsável pelos sistemas de gestão hospitalar em quase 1/5 dos hospitais do País. Os dados do relatório apontam que dos 1.429 hospitais brasileiros – entre privados, públicos, filantrópicos e Santas Casas de Misericórdia – que usam o HIS (Hospital Information System) da empresa, 89% utilizam o Prontuário Eletrônico do Paciente – PEP MV para oferecer mais qualidade, segurança e assertividade em suas rotinas assistenciais.

Nas tendências da evolução digital da saúde, a MV vem crescendo exponencialmente desde sua criação. São 35 anos de trajetória, mais 3 mil clientes, 125 mil leitos administrados por suas soluções, mais de R$ 60 milhões de vidas impactadas pelas tecnologias, além de 214 mil médicos que fazem parte dos 600 mil profissionais que utilizam as soluções MV. Nesse mercado a healthtech atua em 33% do market share de hospitais brasileiros de grande porte e mais 30% do setor de operadoras de planos de saúde do País, sendo que no meio Unimed fornece soluções para 2/3 das operadoras Unimed.

Com o compromisso de fornecer uma base sólida para um atendimento de saúde de qualidade no Brasil, a MV ultrapassa as fronteiras e vem se consolidando no mercado da América Latina, com a expectativa de atingir todos os países até 2025. Atualmente, está presente na República Dominicana, Panamá, Peru, Equador, Guatemala, Uruguai e Argentina.

Para fortalecer seu ecossistema de soluções para a saúde, a MV já realizou mais de uma dezena de aquisições na última década e continua reforçando a presença no segmento da saúde 360. “Procuramos sempre buscar boas oportunidades que possam ajudar a alavancar a transformação digital da saúde. Estamos de olho nesse movimento. Cada vez mais opções estão surgindo e, para o crescimento do polo tecnológico da saúde do Brasil e na América Latina, isso é muito importante”, afirma o CEO da MV, Paulo Magnus.

Na opinião do executivo, a agenda para 2023 deve ser pautada ainda mais por inovações que tragam segurança e qualidade aos serviços assistenciais. Entre elas, a integração de sistemas,

automatização de processos, ampliação da telemedicina, além de ferramentas apoiadas por Inteligência artificial, 5G, Big Data e Analytics, robótica e monitoramento de dados. “A MV oferece ao mercado diversas tecnologias para facilitar a rotina na saúde e a evolução é guiada pela transformação desse setor. Seguimos atentos nessas tendências”.

O futuro aponta para adoção de soluções que auxiliem o cuidado com a saúde e não da doença. Um exemplo é o uso de dispositivos que monitoram os parâmetros de saúde, com administração terapêutica de forma autônoma, ao mesmo tempo que integram o paciente com os cuidadores e a comunidade onde se insere.

“Essa conexão atinge proporções ainda maiores para a gestão da saúde, principalmente na hora de facilitar a troca de informações entre médicos e todo o ecossistema do setor, para analisar tudo em tempo real. A integração de dados tem sido um dos grandes desafios do segmento. E isso, invariavelmente, nos leva às discussões sobre a importância da interoperabilidade entre sistemas”, comenta Paulo Magnus.

Considera-se que 2022 foi um ano desafiador para a saúde, mas, de um modo geral, favorável à tecnologia. “Para a sociedade pós-pandemia, a adoção de tecnologia da saúde se tornou indispensável. No entanto, apesar dos avanços, o caminho a ser traçado ainda é longo se considerarmos as evoluções que precisam ser aplicadas pelas instituições. É preciso adotar soluções inovadoras e inteligentes para facilitar o acesso das pessoas a direitos fundamentais”.

Antenada nesse cenário, a MV investe anualmente R$ 60 milhões em pesquisa e desenvolvimento. “Fazemos um esforço diário de criar e oferecer ao mercado os melhores softwares para apoiar a gestão e a assistência da saúde brasileira, contribuindo com instituições ainda mais tecnológicas e uma sociedade mais saudável”, afirma o CEO.

Destaques de 2022

A MV expandiu a área de atuação, lançando a Fintech MV Bank, criada para descomplicar e facilitar as transações financeiras entre os hospitais fornecedores e profissionais de saúde;
Lançou a Prescrição Digital, plataforma que acompanha toda a jornada, desde o atendimento médico até a compra do medicamento, agregando na mesma plataforma o prontuário do paciente, a prescrição médica, a possibilidade de busca pelo remédio, o pagamento e o delivery da medicação;

Comemorou os resultados da área Global Health, que traz soluções que integram todos os atores da saúde, entre eles hospitais, serviços de saúde, profissionais do setor, qualificando a jornada do paciente e colocando a pessoa no centro do cuidado. Uma das soluções da área é o aplicativo Personal Health, que reúne dados relevantes ao histórico de saúde, como as características físicas do paciente, suas comorbidades, uma lista de medicamentos que estão em uso, bem como alergias e sinais vitais. O hospital Mãe de Deus, Hospital Moinho de Ventos e a cidade de Votuporanga são os principais destaques que aperfeiçoaram seus sistemas de saúde com o app;

Promoveu o MV Experience Forum que, durante dois dias, trouxe uma programação intensa sobre saúde digital, reunindo mais de mil pessoas entre os principais líderes da saúde do Brasil e foi um importante reconhecimento da liderança da MV como empresa inovadora do mercado. Contou com diversos especialistas renomados, entre eles, os médicos Drauzio Varella e Margareth Dalcolmo;

A companhia é a primeira do setor a ser avaliada em R$ 4 bilhões, de acordo com o Santander.

MV

Norteada pela missão de tornar a saúde mais eficiente por meio do conhecimento de gestão e tecnologia contribuindo para uma sociedade saudável, a MV é uma healthtech brasileira que oferece, há 35 anos, tecnologias que facilitam a rotina de todo o ecossistema da saúde e contribuem para salvar vidas. Com intuito de conectar as demandas do presente sem deixar de olhar o futuro, a companhia construiu o seu legado focado na transformação da saúde digital, investindo na criação de soluções de gestão integradas para hospitais, clínicas, operadoras, centro de medicina diagnóstica, rede pública de saúde e pacientes.

Últimas Notícias

Notícias Relacionadas