quarta-feira, fevereiro 1, 2023
quarta-feira, fevereiro 1, 2023

Terminal de Contêineres de Paranaguá investirá mais de R$370 milhões

A TCP, empresa que administra o Terminal de Contêineres de Paranaguá, anunciou seu plano de investimento portuário de mais R$370 milhões. Até 2023, o valor será aplicado em melhorias de infraestrutura do terminal. Dentre elas: a compra de 11 novos guindastes, aumento de 43% da capacidade para contêineres refrigerados, novos acessos para caminhões e modernização de sistemas.

O anúncio dos investimentos vem pouco tempo após a derrubada do veto ao Reporto realizada pelo Congresso, em março de 2022, renovando o programa de incentivo aos terminais portuários. O diretor comercial e institucional da TCP, Thomas Lima, comenta que “a renovação do Reporto foi decisiva para seguirmos em frente com a compra de novos equipamentos, garantindo a elevação do nosso padrão de qualidade junto aos clientes e parceiros”.

Atualmente a TCP é o terminal de contêineres com a maior oferta de serviços marítimos do Brasil, contando com 16 linhas de longo curso regulares. O terminal movimentou 1,1 milhão de TEUs em 2021 (um TEU representa a um contêiner de 20 pés), o equivalente a 9% de toda movimentação nacional. A empresa também é líder no segmento de carnes e congelados, sendo responsável por movimentar 35,4% do total de exportações de frango do Brasil em 2021.

“Os investimentos derivam da nossa visão empresarial, que se antecipa às demandas do setor,” comenta Lima. “Frente a diversas crises de comércio exterior, como lockdowns e a guerra na Ucrânia, vimos importadores e exportadores de commodities sofrerem para manter suas atividades. Nossa preocupação é em continuar sendo uma válvula de escape nessas turbulências e posicionar a TCP na vanguarda das soluções logísticas, trazendo opções customizadas cliente a cliente”.

Com os novos investimentos, a capacidade para recepção de contêineres refrigerados – atualmente a maior da América Latina – será ampliada em 43%. Ou seja, passará a contar com 5.178 tomadas para energização e armazenamento de contêineres. Os 11 novos guindastes do tipo RTG (Rubber Tyred Gantry) trarão tecnologia e maior produtividade na movimentação portuária.

Últimas Notícias

Notícias Relacionadas