quarta-feira, julho 24, 2024
quarta-feira, julho 24, 2024

Investimento de R$ 147 mi vão permitir conclusão de obras e expansão do porto de Suape

Investir na expansão da infraestrutura dos modais logísticos do país para elevar a produção de insumos, acelerar o crescimento econômico, criar postos de trabalhos e melhorar as condições de vida da população brasileira são ações contínuas desenvolvidas pelo Governo Federal. Com esse objetivo, o presidente Lula e o ministro de Portos e Aeroportos, Silvio Costa Filho, assinaram nesta terça-feira (2) o termo de repasse para execução de obras no Porto de Suape, em Recife.

O documento foi assinado na capital pernambucana durante lançamento de um pacote de melhorias para o povo pernambucano. Na área portuária, o Governo Federal está destinando cerca de 147 milhões para execução da quarta e última etapa das obras de recuperação do molhe do Suape e para a dragagem do canal interno do porto. O molhe serve como uma barreira de segurança para cais e píeres, onde são realizadas as operações de carga e descarga de mercadorias.

O ministro Silvio Costa Filho explicou que investir recursos para melhorias em Suape é levar melhores condições de vida para a população e fomentar a economia local. “Os investimentos anunciados aqui hoje são fundamentais para gente poder gerar emprego e renda, que é o melhor programa social do Brasil. Esses aportes vão permitir a expansão das atividades de um dos principais complexos do país, capaz de levar desenvolvimento para todo o estado de Pernambuco”, destacou.

Durante seu discurso, o presidente Lula garantiu que novos investimentos serão realizados em todas as regiões do país. Ele também garantiu que esse ano o Brasil vai colher frutos de tudo que foi plantado durante um ano e meio de governo. “Esse é o ano da colheita. Nós plantamos o ano passado, capinamos a terra, adubamos a terra, colocamos a semente e, neste ano, nos vamos viajar o Brasil inteiro para anunciar as colheitas que o povo precisa para melhorar de vida”, afirmou.

Investimentos e melhorias

Nas três etapas anteriores, foram investidos mais de R$ 610 milhões. A última fase da obra teve seu processo licitatório concluído e deverá ter início nas próximas semana. Os serviços estão previstos para serem concluídos em 2028. Os trabalhos vão ampliar a segurança das embarcações e facilitar o fluxo e a navegação em toda parte costeira do porto.

A dragagem do canal interno aumentará a profundidade para 16,2 metros, possibilitando a atracação de porta-contêineres com até 366 metros de comprimento, além de outras embarcações consideradas de grande porte. As melhorias vão gerar um aumento significativo no volume de cargas movimentadas e deve consolidar o porto como o maior hub do país no transporte de carga conteneirizada. Mais do que elevar as operações no complexo, as obras vão proporcionar maior eficiência e segurança, potencializando a competitividade do porto. Neste ano, o Governo Federal, por meio do Ministério de Portos e Aeroportos (MPor), fará aporte de R$ 100 milhões para realização dos trabalhos.

Movimentação portuária

Nos primeiros quatro meses do ano, a movimentação no complexo portuário de Suape apresentou crescimento de 0,48% na comparação com o mesmo período do ano passado. O transporte de cargas conteinerizadas foi o indicador que mais apresentou crescimento no período, com 24,41% entre janeiro e abril de 2024. Sexto maior porto público do país, o complexo portuário de Suape está investindo em infraestrutura e tecnologia para continuar expandindo suas atividades. Sua localização estratégica e o aumento da diversificação das operações de cargas tornam o porto um ativo fundamental para a expansão comercial de Pernambuco.

Atualmente, Complexo Industrial Portuário de Suape contém 83 empresas em operação distribuídas em 12 polos industriais, gerando cerca de 20 mil empregos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Notícias Relacionadas