quarta-feira, julho 24, 2024
quarta-feira, julho 24, 2024

RedeTransforma processa 1.593 toneladas e repassa mais de R$ 500 mil a programa

A eureciclo, solução de impacto socioambiental que atua como elo entre empresas e a cadeia de reciclagem, anunciou a compensação de 100% da massa gerada, durante o exercício de 2023, pelos catadores aderentes ao programa RedeTransforma – programa com foco na geração de renda, no fomento às condições seguras e saudáveis de trabalho, e na formalização e inclusão de catadores individuais.

O segundo repasse (o primeiro aconteceu em outubro de 2023) no valor de R$ 61.000 diretamente aos catadores individuais, compõem os mais de R$ 130 mil reais já compensados para o programa, além dos quase R$ 375 mil repassados em forma de patrocínio investidos na operação do galpão, obras e reformas de infraestrutura. O balanço foi realizado na sede do RedeTransforma, Cidade Dutra (Zona Sul paulistana), onde o valor dos créditos foi viabilizado por meio da entrega de cartões pré -pagos.

Atualmente são 94 catadores individuais aderentes ao programa, e o montante financeiro relativo à comercialização da massa de 1.593 toneladas coletadas, tratadas e processadas desde o início do programa, em 2023 somam incríveis R$2,8 milhões de reais que foram repassados aos catadores individuais. O evento contou com a presença de parceiros e clientes da eureciclo e da Rede Sul (que completa dez anos em setembro), rede de cooperativas de catadores de resíduos do Estado de SP. O repasse de um valor justo pela venda dos materiais é a base para uma relação de confiança e parceria entre o Programa e os catadores , que precisam manter seus cadastros atualizados e ativos para terem acesso aos benefícios, dentre eles, o crédito de reciclagem.

Na avaliação de Marcos Matos, co-fundador da eureciclo, “o espírito empreendedor que move nossa empresa se parece muito com a história e o espírito das organizações de catadores, profissionais que dão a destinação correta e que fecham o ciclo da economia circular, que sem eles não existiria na prática. Atualmente, a reciclagem cresceu muito e hoje há um respeito e dignidade crescentes com a profissão, pois o mundo está mudando e a reciclagem integra essa mudança no planeta”.

Para Allana Bittencourt, coordenadora de operações, “viabilizar a remuneração dos catadores individuais pelo serviço ambiental prestado de logística reversa, garantindo a rastreabilidade de ponta a ponta do processo, oferecendo condições de estruturação e desenvolvimento sempre foi um dos maiores desafios da eureciclo. O RedeTransforma materializa esse objetivo, remunera a categoria como atores fundamentais da cadeia produtiva da reciclagem que são, e conduz esse público a uma jornada de evolução baseada no reconhecimento real do trabalho que executam. O sonho saiu do papel com esse Programa, com ele estamos incentivando a reciclagem de todos os grupos de materiais.”

Catadores relatam mudanças profundas com RedeTransforma

O balanço dos créditos ambientais no RedeTransforma foi uma oportunidade para que todos conheçam o programa e o impacto positivo do acesso à renda adicional gerada pelos créditos de reciclagem na vida dos trabalhadores envolvidos. Outro dado relevante neste contexto é que o RedeTransforma proporciona um ganho de + 200% na renda mensal média comparada com o momento em que o catador que iniciou o programa da eureciclo.

Maria Aparecida, “dona Cida Preta”, 70 anos, deu um depoimento firme, porém emocionante, sobre como a situação familiar melhorou após o ingresso no RedeTransforma: “Sou sou mãe de 8 filhos, avó e bisavó e meu trabalho teve início em 92 para 93, embora minhas primeiras coletas ainda tenham sido nos anos 80. Mas após trabalhar com o apoio do RedeTransforma descobri que meu trabalho também tem valor e também, de forma humilde, reflete em salvar o planeta”.

Para Telines Basilio Barbosa, o Carioca, inspiração central à idealização da RedeSul e uma figura central no movimento em âmbito nacional, ex-catador que atuou nas ruas por 12 anos e hoje preside a CONATREC e Coopercaps, “aquilo que a sociedade de forma pejorativa chama de lixo nos fez sobreviver até aqui. A luta tem sempre que continuar: hoje formamos uma grande família dentro da reciclagem”, afirmou.

“Mudar nossa relação com os resíduos é essencial para transformar nosso futuro e estimular uma economia que antes era informal e hoje tem lugar em uma lógica econômica. Todos aqui tem histórias pessoais como a catação e a reciclagem, como no meu caso (Marcos é filho de Carioca). Apostar em materiais recicláveis e que podem ser reutilizados, muitas vezes é essencial para a economia circular”, afirma Marcos Nascimento, diretor-presidente da RedeSul, parceira do projeto.

eureciclo

Negócio de impacto socioambiental que transforma a cadeia de reciclagem e a vida das pessoas. Nossas soluções incentivam as empresas e a sociedade em um movimento para gerar mudança em escala por um futuro melhor.

Somos especializados na rastreabilidade dos resíduos gerados por embalagens pós-consumo e movidos pela missão de aumentar as taxas de reciclagem no Brasil. Atuamos com a estruturação da cadeia de reciclagem para logística reversa de embalagens.

Como resultado da parceria com mais de 7 mil clientes atendidos, já conseguimos que mais de 1 milhão de toneladas de embalagens deixassem de ocupar aterros e lixões no Brasil e tivemos mais de 16 mil famílias impactadas, além de distribuir mais de R$65 milhões às mais de 500 centrais de triagem, organizações de catadores e operadores parceiros.

A eureciclo é certificada como Empresa B, que indica um modelo de negócio com foco no desenvolvimento social e ambiental e é premiada como Best for the World™, pela contribuição para o bem-estar econômico e social das comunidades onde atua. Além disso, também foi reconhecida com o Prêmio ECO® de 2022 , e selecionada para a lista das 100 startups to Watch, que enaltece os negócios mais promissores do ecossistema de inovação brasileiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Notícias Relacionadas