quarta-feira, junho 12, 2024
quarta-feira, junho 12, 2024

Boa Safra avança mais de 7% após divulgação do balanço do 3ºT2023

A Boa Safra, líder na produção de sementes de soja e com atuação também em outras cultivares, obteve crescimento de 7,30% no valor dos papéis após balanço financeiro do terceiro trimestre divulgado. O valor da ação figura agora em R$14,95, contra R$13,32, antes da divulgação dos resultados. Em análise apresentada pela XP Investimentos, a casa recomenda compra na ação, com preço-alvo de R$16,20.

A corretora ainda afirmou que a Boa Safra reportou resultados fortes, “não apenas comprovando a resiliência do negócio de sementes, mas também a notável execução da companhia em meio a um ambiente difícil para os players de insumos agrícolas”.

O balanço apresentado nesta sexta-feira (10/11), mostra que a Boa Safra obteve crescimento de 12% em sua receita operacional líquida, comparada ao terceiro trimestre de 2022, totalizando R$987 milhões. O EBITDA ajustado teve um incremento de 50%, atingindo R$139 milhões no 3T23, sendo que no LTM 3T23 houve aumento de 105% comparado ao mesmo período do ano anterior.

“O resultado foi conquistado mesmo em um período atípico, com cautela por parte dos produtores na compra de insumos por conta das adversidades climáticas. Atribuímos isso a três fatores: investimentos na expansão da infraestrutura e na capacidade produtiva da Boa Safra, a capilaridade e a capacidade de nos aproximar do produtor rural e entregar uma semente de qualidade, e o fato do nosso insumo ser a base primordial para se começar a produção”, analisa Marino Colpo, CEO da empresa.

Boa Safra

Fundada em 2009, a Boa Safra consolidou-se no mercado brasileiro como líder na produção de sementes de soja. Comprometida com a excelência, a empresa investe constantemente em tecnologia avançada e infraestrutura inovadora, assegurando sementes com vigor e germinação superiores à média do mercado. Desde o seu IPO, em abril de 2021, foram mais de R$ 500 milhões aplicados em um ciclo de investimentos que será concluído no fim de 2023.

Os aportes permitiram ampliar a capacidade da empresa de 3 para 9 plantas e alcançar um crescimento robusto de mais de 30% ao ano. Para o futuro, o objetivo da Boa Safra é continuar expandindo, solidificar sua presença no Brasil, crescer no segmento de sementes de soja e ampliar seu portfólio, incorporando sementes de milho, forrageiras, sorgo, trigo e feijão.

Últimas Notícias

Notícias Relacionadas