quarta-feira, julho 24, 2024
quarta-feira, julho 24, 2024

Grupo Latam reporta mais de US$3 bi de receita operacional no 3º trimestre

OLatam Airlines Group divulgou, nesta segunda-feira (30), os resultados financeiros correspondentes ao terceiro trimestre de 2023, dando sequência aos bons resultados reportados ao longo deste ano. O período foi marcado por uma margem operacional ajustada de 13,4% e lucro líquido de US$ 232 milhões, acumulando US$ 499 milhões se considerado o período de janeiro a setembro de 2023.

As receitas operacionais totalizaram US$3,056 bilhões e superaram em 18,1% o mesmo período do ano anterior impulsionadas por um crescimento de 25,6% nas receitas de passageiros. O EBITDAR ajustado somou US$726 milhões, alcançando US$1,858 bilhão entre janeiro e setembro de 2023. Outro avanço em relação ao trimestre anterior diz respeito à posição de liquidez do grupo Latam , gerando US$104 milhões em caixa e ampliando a liquidez para US$2,729 bilhões.

“Estamos muito orgulhosos com o desempenho financeiro alcançado pelo grupo no terceiro trimestre e em todo o ano. Estamos avançando progressivamente graças a um trabalho sistemático, com visão de longo prazo. O trimestre foi marcado por um recorde de receita explicado principalmente pela recuperação consistente no transporte de passageiros. A estrutura de capital do Latam  Airlines Group S.A segue sendo incomparável na região em termos de liquidez e alavancagem, o que, somado à inigualável conectividade que oferece o grupo Latam , demonstra que estamos no caminho certo”, afirma Ramiro Alfonsín, CFO do grupo Latam.

Nos meses de julho, agosto e setembro, as operações consolidadas do grupo medidas em ASK (Assentos-Quilômetros Oferecidos) se recuperaram e cresceram 15,2% na comparação ao mesmo trimestre de 2022. As operações internacionais aumentaram 29,2% e atingiram uma taxa de ocupação média de 87,1% durante o trimestre. Vale ressaltar que a taxa de ocupação consolidada do grupo atingiu 85,3%. No segmento doméstico, as operações da Latam Airlines Brasil cresceram 1,3% com relação a 2022 (107,3% de 2019), enquanto as filiais da Colômbia, Chile, Peru e Equador aumentaram 9,5% na comparação com o ano anterior (91,4% de 2019).

Malha robusta  

Em outubro completou-se um ano desde a implementação da Joint Venture com a Delta Air Lines, que já operou 15 mil voos entre América do Norte e os países da JV na América do Sul, além de ter beneficiado 3 milhões de clientes com a aliança. Também foram retomados os voos diários para a Ilha de Páscoa a partir de Santiago e reinauguradas as rotas Santiago-Melbourne, pelo Latam Airlines Group, e São Paulo-Joanesburgo, pela Latam Airlines Brasil. O grupo também anunciou a expansão de sua malha com voos diretos da Latam Airlines Peru entre Lima e Londres a partir de 1º de dezembro.

Em termos de frota, o grupo recebeu no terceiro trimestre quatro aeronaves Boeing 787-9 e sete aviões narrow body (único corredor), incluindo seu primeiro Airbus A321neo. Também realizou um pedido adicional de 13 aviões A321neo, que somam a um pedido total de 111 aeronaves da família Airbus A320 que garantem mais eficiência de custos à frota da Latam. O grupo encerrou o terceiro trimestre com 245 aeronaves Airbus narrow body, 58 Boeing wide body e 18 aeronaves Boeing cargueiras, totalizando 321 aviões.

Avanços em Sustentabilidade

A Latam anunciou uma parceria com a Airbus e o Instituto Tecnológico de Massachusetts (MIT) para o início de um estudo em conjunto para estudar o uso de combustíveis sustentáveis de aviação (SAF) para descarbonizar a indústria até 2050. Além disso, o grupo alcançou uma redução de 93% dos plásticos de uso único em toda a sua operação. Em outubro, a Latam Brasil recebeu o seu primeiro Airbus A321neo, aeronave de alta eficiência que realizou o voo de entrega com 49% de SAF.

A Latam também foi eleita pelos clientes na categoria “Cinco Estrelas” pelo segundo ano consecutivo do Prêmio APEX 2024, além de ser escolhida como “Melhor Companhia Aérea da América do Sul” pelo quarto ano consecutivo no World Airline Awards, da Skytrax.

Grupo Latam 

A Latam Airlines S.A. e suas subsidiárias são o principal grupo aéreo da América Latina, com presença em cinco mercados domésticos da região: Brasil, Chile, Colômbia, Equador e Peru, além de operações internacionais dentro da América Latina e para Europa, Oceania, Estados Unidos e o Caribe.

O grupo Latam possui uma frota de aeronaves Boeing 767, 777 e 787 e Airbus A321, A320, A320neo e A319. Latam  Cargo Chile, Latam Cargo Colômbia e Latam  Cargo Brasil são as subsidiárias de carga do grupo Latam, possuindo uma frota combinada de 19 aeronaves de carga. Essas subsidiárias de carga contam com acesso as aeronaves de passageiros do grupo e operam na rede do grupo Latam, bem como em rotas internacionais exclusivas para transporte de cargas. Além disso, oferecem uma infraestrutura moderna e uma ampla variedade de serviços e opções de atendimento para atender às necessidades de seus clientes.

 

Últimas Notícias

Notícias Relacionadas