domingo, fevereiro 25, 2024
domingo, fevereiro 25, 2024

Sufotur

Mercado de franquias no Rio de Janeiro cresce 1º semestre e redes aceleram planos de expansão

O mercado de franquias no Estado do Rio de Janeiro segue aquecido. Segundo dados da ABF (Associação Brasileira de Franchising), o segmento na região faturou quase R$ 10,3 bilhões no 1º semestre de 2023, um aumento de 17% em relação ao mesmo período do ano anterior. Os bons resultados demostram a recuperação do setor e da economia fluminense, além de evidenciar a alta procura das marcas de franquias pelo Estado.

A capital é a grande vitrine do País para investimentos, mas outas regiões do grande Rio, a região dos Lagos, Sul Fluminense também tem atraído muitos empreendedores que querem fazer aquisições num negócio próprio ou diversificar os lucros.

Para o presidente da ABF Rio, Clodoaldo Nascimento, o mercado de franquias da região confirmou ser resiliente, forte e além da capital carioca, tem muito potencial em cidades como Niterói, São Gonçalo, Duque de Caxias e cidades próximas de outros estados, como Juiz de Fora e Vitória. “Temos um campo a desbravar com a interiorização do franchising. São regiões com dinâmicas econômicas próprias e que, em geral, são ávidas por marcas e produtos de franquias”, declarou o executivo.

Esses numeros positivos provam a força e resiliência do sistema de Franchising. Para mostrar o poder do empreendedorismo brasileiro no Estado e auxiliar na busca por negócios de sucesso por meio das franquias, os empreendedores fluminenses e de todo o País terão a oportunidade de participar da Expo Franchising ABF Rio, feira tradicional do setor que acontecerá de 21 a 23 de setembro de 2023, no moderno Anfiteatro do Riocentro, na cidade do Rio de Janeiro.

Os segmentos Serviços e Outros Negócios, Comunicação Informática e Eletrônicos, Saúde Beleza e Bem-estar e Moda foram os destaques com maior representação no faturamento da região, o que demonstra a diversidade e a versatilidade do franchising do Rio de Janeiro.

Em linha com estes movimentos, confira abaixo marcas de segmentos variados com planos de expansão representativos o Estado do Rio.

5àsec

A 5àsec, maior rede de lavanderia do Brasil com mais de 530 pontos de venda em todo o território nacional, tem planos de expandir a marca no Rio de Janeiro. Atualmente, são 18 operações no estado, sendo 13 na capital. Para ampliar a atuação da marca na região, a 5àsec planeja a implantação de mais 14 pontos de vendas em cidades estratégicas, como Duque de Caxias, Nova Iguaçu, São Gonçalo, Campos dos Goytacazes, Petrópolis, Volta Redonda, Macaé, Nova Friburgo e Cabo Frio. Atualmente, oferece diferentes formatos de franquias, como Loja Padrão, Loja Satélite, Express, Autosserviço e HUB. O investimento inicial é de R$ 100 mil para quem deseja se tornar um empresário da rede e implantar uma loja no formato HUB, R$ 130 mil se for a opção for o Autosserviço, R$ 270 mil para o modelo Express e R$ 460 mil no modelo Padrão.

Água Doce Sabores do Brasil

Com 80 restaurantes em diferentes estados brasileiros, a Água Doce Sabores do Brasil é uma rede que explora a culinária brasileira, além de um cardápio com opções variadas de coquetelaria. Ainda sem operações no estado do Rio de Janeiro, a marca tem interesse em abrir 10 novas operações na região a longo prazo. Para isso, mapeou algumas cidades de interesse, como Rio de Janeiro, São Gonçalo, Duque de Caxias, Nova Iguaçu, Campos dos Goytacazes, Belford Roxo, Niterói, São João de Meriti, Petrópolis e Volta Redonda. Há três opções de formatos para quem deseja ingressar na rede. Para abrir um restaurante no modelo padrão o investimento inicial é de R$ 590 mil, no Express de R$ 424 mil e no de Delivery R$305.706 mil.

Casa do Celular

Trazendo o sonho de seu fundador Darlan Almeida, a Casa do Celular é uma grande marca com mais de 10 anos no mercado e mais de 190 lojas espalhadas por 25 estados brasileiros. Incluída num dos setores que mais crescem no país, o de Comunicação, Informática e Eletrônicos, a Casa do Celular possui três oportunidades de negócios: lojas de rua, shoppings e quiosques, com investimentos a partir de R$150 mil. Atualmente, a Casa do Celular é referência de mercado na comercialização de celulares, smartphones e tablets para as classes C e D devido a sua política de atendimento premium. O plano da empresa é chegar a 250 lojas até o final de 2023. A marca visa expandir para todo o Estado do Rio de Janeiro, com foco nas pequenas cidades.

Casa do Construtor

Atualmente, a maior rede franqueadora de locação de equipamentos para construção civil e soluções para o dia a dia da América Latina conta com mais de 600 operações, sendo 35 delas no Estado. No entanto, estudos de mercado apontam que ainda há espaço para mais 10 unidades, o que deve gerar um investimento de R$ 10 milhões, até 2025. O investimento inicial é de R$ 499 mil, com faturamento mensal médio de R$ 115 mil e prazo de retorno de até 42 meses. Os negócios no setor de construção civil se mostram perenes e resilientes. Neste movimento, as cidades de interesse da rede são Angra do Reis, Mangaratiba, Cabo Frio, Búzios, Saquarema, São Pedro da Aldeia e Araruama.

Divino Fogão

O Divino Fogão, franquia de alimentação de comida típica da fazenda, soma mais de 210 operações em todo território nacional, contando também com as dark kitchens, mais conhecidas como cozinhas invisíveis. Dos restaurantes que operam em praças de alimentação em shopping centers, sete deles estão localizados no estado do Rio de Janeiro. Além disso, a marca irá inaugurar mais duas lojas neste ano, sendo uma Niterói e outra Volta Redonda. A rede pretende abrir mais seis pontos de operação até 2025. As cidade de interesse são Rio de Janeiro, São Gonçalo, São João de Meriti, Petrópolis e Nova Iguaçu. Quem deseja investir em um restaurante da marca, o investimento inicial é a partir de R$ 900 mil.

iGUi

Microfranquia Integrante da Rede iGUi – formada também pela iGUi, UNLIMITED e Splash – a TRATABEM pretende abrir 12 unidades até o primeiro semestre de 2024, tendo como cidades-alvo, além da capital, Nova Iguaçu, Itaguaí, Duque de Caxias, Petrópolis, Volta Redonda, Saquarema, Araruama, Cabo Frio e Campos dos Goytacazes. A microfranquia é pioneira no oferecimento de serviços de limpeza, assistência técnica, manutenção e venda de produtos para todos os tipos de piscinas e na formação de profissionais credenciados, treinados e especializados no tratamento de água. O investimento inicial é R$ 75.000,00.

Milon

No mercado desde 2006, a Milon é uma marca conhecida pela inspiração europeia e estilo clássico, e veste desde bebês até o tamanho 14. Fabricados com tecidos e detalhes exclusivos, os produtos Milon possuem alto valor agregado e excelente custo-benefício. Atualmente, são 99 lojas físicas em operação, sendo 72 franquias e 27 lojas próprias. Dessas, há 10 operações no Rio de Janeiro, sendo nove delas na capital. Para os próximos anos, a rede tem interesse em abrir mais cinco operações no estado. Para isso, mapeou cidades estratégicas e de interesse da marca, como a própria capital, Macaé, Campos dos Goytacazes, Volta Redonda e Cabo Frio. O investimento inicial para se tornar um franqueado é de R$ 350 mil, com prazo de retorno a partir de 24 meses, e faturamento médio mensal de R$ 130 mil.

Mr. Cheney

O Mr. Cheney é uma rede de franquias de cookies tipicamente americanos. Fundada no Brasil em 2005 pelo casal Lindolfo e Elida Paiva, a marca se tornou reconhecida no mercado por meio de sua receita especial, ensinada por um amigo, o cookieman americano Jay Cheney, da Califórnia, que inspirou o nome da rede. A primeira loja foi inaugurada no bairro da Casa Verde, em São Paulo, e, desde então, as franquias começaram a se espalhar por todo o Brasil. Com o diferencial do cookie recém-assado (conceito Fresh Baked), as lojas oferecem uma fornada a cada 20 minutos, espalhando o aroma inconfundível por todo ambiente. Associada à ABF, a marca possui mais de 88 unidades em operação, espalhadas em 14 estados brasileiros. A marca visa expandir no Rio de Janeiro, nos bairros de Jacarepaguá, Copacabana, Leblon e Barra da Tijuca. Para quem quer abrir uma franquia o investimento inicial é de R$ 270 mil a R$ 500 mil dependendo do formato da franquia.

Peça Rara

O Peça Rara é uma rede de franquia líder no segmento second hand que planeja manter um ritmo forte de crescimento, chegando a um faturamento de cerca de R$ 190 milhões e 140 unidades até o fim de 2023. Para isso, uma das estratégias de expansão está voltada para o Rio de Janeiro. Atualmente, a marca conta com duas operações na capital do estado, mas conta com um plano de expansão agressivo para a região.

Para se ter ideia, são esperadas mais 40 unidades no Rio de Janeiro, sendo 11 na capital fluminense e 29 no restante do estado. As cidades de interesse são Rio de Janeiro, Niterói, São Gonçalo, Duque de Caxias, Macaé, Itaboraí, Magé, Mesquita, Nilópolis, Nova Friburgo, Nova Iguaçu, Petrópolis, São João de Meriti, Volta Redonda e Teresópolis. Para quem deseja se tornar um franqueado, o investimento inicial é de R$ 340 mil para um espaço de 240m², com faturamento médio mensal de R$ 190 mil, lucratividade de 10% a 17% e prazo de retorno de 14 a 20 meses.

Últimas Notícias

Notícias Relacionadas