quarta-feira, julho 24, 2024
quarta-feira, julho 24, 2024

Siemens apresenta estratégia de investimento de €2 bilhões

Para alavancar o crescimento futuro, impulsionar a inovação e aumentar a resiliência, a Siemens apresentou hoje sua estratégia de investimento de €2 bilhões, voltados principalmente a expandir novas capacidades de produção, bem como laboratórios de inovação, centros educacionais e outras instalações próprias. A Siemens anunciou hoje uma nova fábrica de alta tecnologia em Singapura para atender aos crescentes mercados do Sudeste Asiático.

“Nossas tecnologias endereçam tendências de crescimento secular, onde nossos clientes precisam de nosso suporte para se tornarem mais competitivos, resilientes e sustentáveis. A Siemens está crescendo significativamente acima da média do mercado. Hoje anunciamos uma estratégia de investimento para alavancar o crescimento futuro, impulsionar a inovação e aumentar a resiliência”, disse Roland Busch, presidente e CEO da Siemens AG.

“Os investimentos apoiam nossa estratégia de combinar os mundos real e digital – bem como nosso foco na diversificação e negócios regionalizados. Estamos claramente potencializando nossa forte presença global para apoiar o crescimento nos mercados mais relevantes do mundo”.

Além disso, espera-se um aporte adicional de cerca de €0,5 bilhão em pesquisa e desenvolvimento (P&D) em inteligência artificial e no metaverso industrial no exercício fiscal de 2023 em relação ao ano anterior. Este investimento em P&D busca fortalecer a posição de liderança da Siemens em tecnologias essenciais como simulação, gêmeos digitais, inteligência artificial e eletrônica de potência, além de apoiar o desenvolvimento da plataforma de negócios digital aberta Siemens Xcelerator. A empresa anunciou recentemente uma parceria com a Microsoft para acelerar a geração de código para automação industrial usando o ChatGPT. Com a NVIDIA, a Siemens está trabalhando para construir o metaverso industrial para melhorar o design, planejamento, produção e operação de fábricas e infraestruturas.

Capacidades novas e adicionais no Sudeste Asiático

Para atender à crescente demanda no Sudeste Asiático, a Siemens anunciou hoje uma fábrica de alta tecnologia totalmente nova em Singapura, que será desenvolvida usando sua própria liderança em gêmeo digital e tecnologia de hardware inteligente e inovadora. O investimento na fábrica será em torno de €200 milhões. A fábrica estabelecerá um novo padrão de conectividade para apresentar as possibilidades da digitalização, além de incorporar processos de fabricação altamente automatizados. O investimento criará mais de 400 empregos.

Estratégia em todas as regiões com onda de investimentos globais

Como parte de sua estratégia de investimento e negócios de rápido crescimento na China, a Siemens também expandirá sua fábrica digital em Chengdu para atender às oportunidades de crescimento local na China para a China, investindo €140 milhões (RMB 1,1 bilhão) e criando 400 novos empregos.

Muitos dos clientes chineses da Siemens são os primeiros a adotar novas tecnologias, especialmente em digitalização e manufatura de alta tecnologia. É por isso que a Siemens também anunciou o investimento em um novo Centro de Inovação de P&D digital em Shenzhen para acelerar o desenvolvimento de sistemas de controle de movimento com digitalização e tecnologia eletrônica de potência. A plataforma de negócios digital aberta Siemens Xcelerator foi lançada na China em novembro de 2022.

Série de anúncios

No início do ano, a Siemens se comprometeu a expandir a produção em Trutnov, República Tcheca, para aumentar a capacidade de sua WEF Global Lighthouse Factory em Amberg, na Alemanha. Além disso, a Siemens está investindo €30 milhões para expandir sua fábrica de comutadores em Frankfurt-Fechenheim, na Alemanha, enquanto a Siemens Mobility anunciou recentemente que despenderá USD220 milhões para construir uma nova fábrica de material rodante em Lexington, na Carolina do Norte, para atender à crescente demanda por trens de passageiros nos Estados Unidos. A fábrica criará mais de 500 empregos até 2028.

Os investimentos planejados de €2 bilhões e o aumento esperado de cerca de €0,5 bilhão em P&D incluem a Siemens Healthineers.

Siemens

Tem focado no desenvolvimento de seus negócios em todas as regiões por muitos anos com o objetivo de estabelecer cadeias de valor o mais próximo possível dos clientes e estabelecer um ecossistema de parceiros. Essa expansão global bem-sucedida se reflete nas vendas regionais da empresa: no exercício fiscal de 2022, 47% das vendas da Siemens são atribuíveis à Europa, Oriente Médio e África (EMEA), 29% às Américas do Norte e do Sul e 25% à Ásia/ Austrália. No início do exercício fiscal, a Siemens registrou uma carteira de pedidos recorde de €105 bilhões e elevou sua projeção pela segunda vez neste ano. A Siemens espera um potencial de crescimento adicional na Digital Industries, Smart Infrastructure e Mobility em seus mercados endereçáveis de cerca de € 75 bilhões nos próximos cinco anos.

A Siemens AG (Berlim e Munique)

Empresa de tecnologia com foco na indústria, infraestrutura, transporte e saúde. De fábricas mais eficientes em termos de recursos, cadeias de suprimentos resilientes e edifícios e redes mais inteligentes, a transportes mais limpos e confortáveis, bem como cuidados com a saúde avançados, a empresa cria tecnologia com propósito agregando valor real para os clientes. Ao unir os mundos real e digital, a Siemens capacita seus clientes a transformar seus setores e mercados, ajudando-os a transformar o dia a dia de bilhões de pessoas. A Siemens também possui uma participação majoritária na empresa de capital aberto Siemens Healthineers, fornecedora líder global de tecnologia médica que está moldando o futuro da saúde. Além disso, a Siemens detém uma participação minoritária na Siemens Energy, líder global na transmissão e geração de energia elétrica.

No ano fiscal de 2022, encerrado em 30 de setembro de 2022, o Grupo Siemens gerou receita de € 72.0 bilhões e lucro líquido de € 4,4 bilhões. Em 30 de setembro de 2022, a empresa contava com aproximadamente 311.000 funcionários em todo o mundo. Mais informações estão disponíveis na internet aqui.

No Brasil, a Siemens iniciou suas primeiras atividades em 1867, com a instalação da linha telegráfica pioneira entre o Rio de Janeiro e o Rio Grande do Sul. Em 1905, ocorria a fundação da empresa no País. Ao longo de sua história no Brasil, a Siemens contribuiu ativamente para a construção e para a modernização da infraestrutura. O Grupo Siemens é formado pela Siemens (Infraestrutura e Indústria), pela Siemens Healthineers e pela Siemens Mobility. Atualmente, o Grupo Siemens conta com quatro fábricas, cinco centros de Pesquisa e Desenvolvimento e cinco Centros de Distribuição espalhados por todo o território nacional. Para mais informações acesse nosso website.

Últimas Notícias

Notícias Relacionadas