quinta-feira, maio 23, 2024
quinta-feira, maio 23, 2024

Greystar chega ao Brasil com investimento superior a R$1,7 bilhão

Líder no mercado americano e com presença em 227 mercados, a incorporadora e gestora imobiliária global Greystar chega ao Brasil já com 8 projetos em andamento na capital paulista, sendo um deles com entrega das primeiras unidades prevista para acontecer durante todo este mês de junho, o Ayra Pinheiros, voltado ao público de alto padrão. Ao todo, o aporte de recursos em todos estes empreendimentos supera os R$1,7 bilhão, com a participação de players reconhecidos no mercado nacional, como a Cyrela e a SKR.

Com a operação de mais de US$ 250 bilhões no setor imobiliário e a gestão de US$ 62 bilhões de ativos, o modelo de atuação da companhia vai seguir um padrão bem difundido nos Estados Unidos, na Europa e na Ásia. Ele consiste na construção ou arrendamento de imóveis voltados exclusivamente à locação, com contratos de médio e longo prazo (entre 3 e 18 meses). O Brasil é o segundo país em que a companhia abre suas operações na América do Sul, depois de ingressar pelo Chile.

Além de um contrato mais flexível em imóveis planejados para esse tipo de locação, os empreendimentos contam com serviços premium incluídos visando o bem-estar de todos os moradores. Entre eles, destaca-se um aplicativo exclusivo para o morador, que oferece a possibilidade de fazer a gestão do aluguel, agendamentos de serviços, contato com a equipe do empreendimento e reserva de áreas comuns.

Os espaços de convivência têm foco na sofisticação e agregam vários serviços, como coworking, academia com sala de yoga e spinning, área pet, rooftop com piscina com vista infinita, churrasqueira gourmet e espaço lounge. Além de todas essas facilidades, os empreendimentos contam com a figura do gestor de propriedade e concierges, melhorando a experiência dos clientes em seu dia a dia.

“Nosso objetivo é chegarmos a 10 mil apartamentos sob gestão no Brasil, um volume que atingimos em outros mercados. Os nossos projetos já somam 1,9 mil apartamentos em operação em um futuro próximo. Além disso, estamos analisando captar novos empreendimentos de terceiros”, reforça o diretor de Investimentos e Desenvolvimento da Greystar, Kim Diego Azevedo.

Até o fim de 2026, a incorporadora e gestora imobiliária vai lançar 8 projetos em bairros nobres de São Paulo, como Higienópolis, Moema, Brooklin, Vila Mariana, Vila Madalena e Perdizes. “Somos um único dono para todo o prédio, pensando em oferecer um serviço de qualidade e uma gestão que acreditamos maximizar o retorno para os nossos investidores, ao contrário de um flat. Com isso, estamos focados em cuidar da longevidade e da manutenção e fazer os investimentos necessários no edifício”, ressalta Azevedo.

Criado pensando em toda a família

Voltado a um público-alvo de executivos, nômades digitais, profissionais em projetos de média duração e os seus familiares, a expectativa é fisgar o consumidor brasileiro com a qualidade do serviço já consagrada no mercado internacional. A perspectiva da Greystar é demonstrar uma nova forma de viver, trazendo novos valores ao mercado imobiliário — um dos poucos que ainda não passou por uma grande disrupção.

Os apartamentos têm metragens diversas e são entregues equipados no padrão americano: com geladeira, forno, cooktop, depurador, micro-ondas e máquina lava&seca. O intuito é tornar o processo de moradia mais simples. É possível também optar por imóveis mobiliados.

“Nós viemos para ser referência nesta nova forma de morar, super difundida no mundo inteiro e para qual o Brasil está caminhando, especialmente após a pandemia. Por isso, temos uma preocupação em relação a parceiros, projetos, operação, um sistema 100% auditável para garantirmos uma operação de excelência”, afirma o diretor de Operações da Greystar, Cristiano Viola.

De acordo com ele, as diferenças são sentidas desde o primeiro momento pelo cliente. “O processo de locação, que começa com um tour com o gerente de vendas, já será um diferencial. Nosso projeto é estar um passo à frente do morador para melhorar sua experiência”, ressalta.

Essas diferenças seguem no dia a dia, com a busca pelo desenvolvimento de áreas comuns que vão ao encontro das necessidades dos clientes. Em um contexto de home office, a empresa investe em espaços de trabalho com internet de alta velocidade, além de outras facilidades alinhadas ao perfil do consumidor.

No dia a dia, a empresa também é reconhecida pelas ativações e pela criação de um senso de comunidade entre os moradores, como eventos de gastronomia e iniciativas semelhantes para aproximá-los. “Nossa operação é caracterizada por criar um dinamismo para os moradores, aumentando a percepção de valor pelo produto por parte dos clientes”, destaca Viola.

Expansão contínua

Uma das principais características da empresa é o plano de expansão contínuo de seus negócios. Além do lançamento do Ayra Pinheiros, a organização acaba de fechar contrato para um grande projeto coordenado pela Cyrela na antiga fábrica da Kibon, um terreno com mais de 40 mil m² no coração do Brooklin, com inauguração prevista para 2026. A Greystar, com a marca Ayra, será a dona de um dos prédios, justamente o destinado apenas a aluguéis, adquirido com a participação do CPPIB, um fundo de pensão canadense. O empreendimento terá cerca de 400 unidades, com 36 andares, dividindo o espaço com um shopping e um edifício de escritórios.

“É difícil encontrar terrenos grandes em áreas nobres de São Paulo. Estes são os últimos que eram fábricas no Brooklin e em Santo Amaro. Além do prédio em si, conseguiremos criar um ecossistema interessante, com shopping, área comercial e parque, oferecendo vida 24 horas para as famílias”, explica Azevedo. “Será o edifício mais alto do nosso portfólio no Brasil, com várias áreas comuns interessantes: piscina interna e externa, coworking, sala de festas, sala multiuso, spa, sauna, academia, lounge dentro do nosso padrão de qualidade”, ressalta o diretor de Investimentos e Desenvolvimento.

Últimas Notícias

Notícias Relacionadas