domingo, junho 23, 2024
domingo, junho 23, 2024

Gerdau é reconhecida por iniciativas voltadas para liderança feminina

A Gerdau, maior empresa brasileira produtora de aço, foi reconhecida, mais uma vez, pela pesquisa Mulheres na Liderança 2023, na categoria “Indústrias”, promovida pela ONG Women in Leadership in Latin America (WILL). A companhia foi destaque por suas ações e projetos voltados para a qualificação e incentivo à liderança feminina.

Desde que se tornou signatária da ONU Mulheres, a partir da assinatura dos Princípios de Empoderamento das Mulheres (WEPs – Women Empowerment Principles), em 2017, a Gerdau vem reforçando o seu compromisso de promoção de igualdade entre homens e mulheres.

“Desde então, evoluímos nossos esforços internos em promover a equidade de gênero e o empoderamento de mulheres. Temos trabalhado para aumentar a participação feminina no ambiente de trabalho e implementado diferentes ações para a construção de um ambiente mais diverso e inclusivo, bem como visando o desenvolvimento profissional das nossas colaboradoras”, afirma Carla Fabiana Daniel, líder global de diversidade e inclusão da Gerdau. “Esse reconhecimento reforça o compromisso da companhia de ser uma agente de transformação social e de construir um futuro com oportunidades para todas as pessoas.”

Atualmente, as mulheres ocupam 27% das posições de liderança na Gerdau, que possui uma meta, atrelada à remuneração variável das principais lideranças da empresa, de elevar este número para 30% em 2025. Além disso, a empresa lançou, em 2020, o Programa Helda Gerdau, que visa o desenvolvimento de lideranças femininas e conta com mais de 100 horas de capacitação e mentoria.

Em 2023, a Gerdau deu também início ao Entrelaço, um programa de Fortalecimento da Rede de Mulheres Gerentes da Gerdau. Em sua essência, a proposta da iniciativa é disponibilizar conteúdos para impulsionar o avanço de carreira das mulheres e viabilizar encontros em um espaço de troca e aprendizado mútuo.

A 4ª edição da pesquisa Mulheres na Liderança foi realizada pela WILL, em parceria com os veículos de comunicação Valor Econômico, O Globo, Marie Claire, Época Negócios e Pequenas Empresas Grandes Negócios e com o apoio metodológico do instituto Ipsos.

Gerdau

Com 122 anos de história, a Gerdau é a maior empresa brasileira produtora de aço e uma das principais fornecedoras de aços longos nas Américas e de aços especiais no mundo. No Brasil, também produz aços planos, além de minério de ferro para consumo próprio. Além disso, possui uma divisão de novos negócios, a Gerdau Next, com o objetivo de empreender em segmentos adjacentes ao aço. Com o propósito de empoderar pessoas que constroem o futuro, a companhia está presente em 9 países e conta com mais de 36 mil colaboradores diretos e indiretos em todas as suas operações. Maior recicladora da América Latina, a Gerdau tem na sucata uma importante matéria-prima: 71% do aço que produz é feito a partir desse material. Todo ano, 11 milhões de toneladas de sucata são transformadas em diversos produtos de aço.

A companhia também é a maior produtora de carvão vegetal do mundo, com mais de 250 mil hectares de base florestal no estado de Minas Gerais. Como resultado de sua matriz produtiva sustentável, a Gerdau possui, atualmente, uma das menores médias de emissão de gases de efeito estufa (CO₂e), de 0,90 t de CO₂e por tonelada de aço, o que representa aproximadamente a metade da média global do setor, de 1,89 t de CO₂e por tonelada de aço (worldsteel). Para 2031, a meta da Gerdau é diminuir as emissões de carbono para 0,83 t de CO₂e por tonelada de aço. As ações da Gerdau estão listadas nas bolsas de valores de São Paulo (B3), Nova Iorque (NYSE) e Madri (Latibex).

Últimas Notícias

Notícias Relacionadas