quarta-feira, fevereiro 8, 2023
quarta-feira, fevereiro 8, 2023

Mudança para o MEI deve atingir mais de 12 milhões de negócios; veja quais são

O Microempreendedor Individual (MEI) vem conquistando cada vez mais espaço no mercado. Em 2022, a categoria superou a marca de 12 milhões de CNPJs ativos no país. Tornar-se um MEI é uma das formas mais fáceis de formalizar um pequeno negócio como pessoa jurídica, seguindo critérios específicos como não ser ou se tornar titular, sócio ou administrador de outra empresa.

Atualmente, o faturamento anual do MEI deve ser de até R$ 81 mil. No entanto, há um projeto de Lei que visa aumentar esse valor para R$ 144,9 mil e aumentar o número de funcionários do MEI de um para dois. Há ainda o caso do MEI Caminhoneiro, criado no ano passado, que o faturamento anual pode ser de até R$ 251,6 mil.

André Luís Barbosa, presidente do Conselho Regional de Contabilidade da Bahia (CRCBA), explica que a partir de 2023 o CPF será substituído pelo CNPJ. “O nome completo do titular será seguido do número do CNPJ da empresa que for registrada. Entretanto, o nome empresarial permanecerá no registro do MEI, ao contrário do nome fantasia que poderá ser definido pelo próprio empreendedor”, enfatiza o presidente do CRCBA.

Outra mudança prevista para este ano é o valor mensal de contribuição após anúncio do reajuste do salário mínimo, que deve passar nos próximos meses de R$ 1.212 para R$ 1.320. Esse valor deverá ser calculado automaticamente no momento da emissão do Documento de Arrecadação do Simples Nacional (DAS).

A contribuição previdenciária do MEI passará a ser de R$ 66 ou seja, 5% do salário mínimo, regra que excetua o MEI Caminhoneiro, que passará a pagar R$ 158,40 de contribuição previdenciária, que representa 12% do salário mínimo. Os empreendedores que exercem atividade sujeitas ao ICMS pagarão adicionalmente R$ 1 e ao ISSQN, R$ 5.

“Os donos de microempreendimentos devem se atentar às novas regras, pois o empreendedor passar a pagar a cada mês um valor entre R$ 67 e R$ 72, a depender da atividade que exerce. Já o MEI Caminhoneiro pagará mensalmente entre R$ 159,40 e R$ 162,40”, explica André Luís Barbosa. Para saber o valor exato que se deve pagar, o inscrito deve acessar o Portal do Empreendedor.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Notícias Relacionadas