terça-feira, janeiro 31, 2023
terça-feira, janeiro 31, 2023

Afya tem geração de caixa recorde e consolidação da estratégia em soluções digitais

A Afya Limited anunciou seus resultados do 1º trimestre de 2022, que consolidam sua liderança em educação médica no país. São 17.523 alunos de graduação em Medicina matriculados em 23 unidades de 13 estados – crescimento de 36,3% em relação ao mesmo período de 2021 – e 2.759 vagas de Medicina autorizadas pelo Ministério da Educação (MEC). Em outros cursos da saúde, a Afya atingiu 20.902 alunos no período, além de 24.209 alunos em outras áreas, totalizando 62.634 alunos de graduação. Em educação continuada, são mais 3.479 alunos matriculados em cursos de pós-graduação e especialização médica.

Em soluções digitais de suporte à rotina médica, segmento no qual a Afya entrou em 2020, também houve avanços: são cerca de 260 mil usuários ativos por mês. O ecossistema digital da Afya é dividido em seis grandes pilares, onde estão distribuídas as 10 healthtechs adquiridas pela empresa: PEBMED, Medphone, iClinic, Medicinae, Medical Harbour, Cliquefarma, Shosp, RxPRO, Além da Medicina e CardioPapers (esta última pós 1Q2022).

Destaque para os seguintes pilares do ecossistema:

  • Apoio à decisão clínica: 218.313 usuários ativos;
  • Prontuário eletrônico e gestão do consultório:19.762 usuários ativos.
  • Conteúdo e tecnologia para educação médica: 21.464 usuários ativos;

Entrada da Afya no relacionamento médico-paciente

A Afya anuncia hoje também a aquisição de sua 11ª healthtech, a terceira do ano. Adquirida por R$ 22 milhões, o Glic passa a fazer parte do pilar Relacionamento Médico-Paciente do ecossistema de soluções digitais da Afya. Aplicativo de acompanhamento do diabetes por médicos e pacientes, o Glic tem por objetivo, através da tecnologia, gerar conhecimento sobre a doença, introduzir rotinas que facilitam seu controle, além de promover a conexão de usuários e provedores de saúde. O Glic conta com mais de 90 mil usuários ativos, além de 1,1 mil médicos usando mensalmente o app.

“Após trimestres seguidos de desafios inéditos impostos pela pandemia, em especial em um segmento como o nosso, o de formação médica, vemos negócios como a pós-graduação retomando sua força, com a volta das aulas práticas, à medida que a vacinação avança e os números do Covid-19 tendem à estabilização. Já no segmento de soluções digitais de suporte à rotina médica, nossos avanços são consistentes em um mercado cujo potencial é da ordem de R$ 28,4 bilhões”, explica o CEO da Afya, Virgilio Gibbon. “Iniciamos 2022 com a mesma disposição de 2021, com a aquisição de três healthtechs: Além da Medicina, CardioPapers e a transação anunciada hoje, do Glic.”

Afya ampliou também sua operação de escolas de Medicina, com 228 novas vagas. No período foram autorizadas quatro unidades do Programa Mais Médicos II, cada uma com 50 vagas ao ano (Abaetetuba e Bragança, no Pará; e Manacapuru e Itacoatiara, no Amazonas), além do início da operação de Medicina do Centro Universitário São Lucas, em Ji-Paraná, Rondônia. Todas as unidades dão início às aulas no 2º semestre deste ano.

Destaques financeiros do 1Q22

A Afya inicia o ano com resultados financeiros promissores. A receita líquida ajustada cresceu 41,0% no período, chegando a R$ 567,7 milhões. O EBITDA ajustado foi de R$ 270,8 milhões (+ 30,4%), com expansão de 47,7% na margem EBITDA ajustada. O lucro líquido foi de R$ 134,9 milhões (+ 19,1%), com LPA atingindo R$ 1,42, um salto de 22,4% em relação ao ano anterior, enquanto a conversão de caixa atingiu 113,0%, resultando na sólida posição de R$ 789,4 milhões ao final do 1Q2022.

A empresa confirmou o guidance reportado no início de 2022, incluindo a ocupação de 100% das vagas de suas escolas médicas:

  • Receita líquida ajustada em 2022 entre R$ 2.280,0 bilhões e R$ 2.360,0 bilhões
  • EBITDA ajustado em 2022 entre R$ 935,0 milhões e R$ 1.015 bilhão.

Avanços na agenda ESG

Em evento realizado em abril, o Afya Investors & ESG Day, a empresa apresentou sua estratégia digital ao mercado, mas também os esforços nas frentes ambiental, social e de governança. Projetos relacionados a energia limpa, impacto social em áreas vulneráveis, agenda de diversidade & inclusão, direitos humanos, transparência, compliance e segurança cibernética foram destaque. No dia em que divulga seus resultados do 1Q2022, a Afya torna público seu Relatório Anual de Sustentabilidade 2021. Destaque, por exemplo, para a entrada da empresa no Índice de Igualdade de Gênero 2022, promovido pela Bloomberg, somando-se a um seleto grupo de 418 empresas – apenas 13 brasileiras – de 45 países a ingressar no ranking.

AFYA

A Afya é o maior ecossistema de educação em saúde e heatlhtechs do Brasil, líder em graduação em Medicina, atualmente com 2.759 vagas autorizadas pelo Ministério da Educação (MEC). O grupo conta com 23 Instituições de Ensino Superior com oferta do curso de Medicina e unidades de pós-graduação na área médica e de saúde em 11 capitais.

Operando oficialmente desde 2019, a partir da incorporação de outras marcas do segmento de educação médica, o grupo teve a sua primeira faculdade de medicina em atividade há 22 anos, no Tocantins, norte do país. Desde então, a Afya tem por objetivo ser parceira destes profissionais em toda a sua jornada de formação.

Pioneira na adoção de práticas digitais voltadas para a aprendizagem contínua e suporte ao exercício da medicina e saúde em toda a carreira médica, a Afya inova no mercado a partir da construção de um portfólio diversificado que facilitam o dia a dia da prática clínica. Em 2020, a companhia se consolidou no mercado de serviços digitais por meio da aquisição das healthtechs PEBMED, Medphone, iClinic, Medicinae, Medical Harbour, Cliquefarma, Shosp, RxPRO, Além da Medicina e CardioPapers.

Por meio de suas unidades de ensino, a Afya atua desde a graduação – são diversos cursos com foco na área da saúde, com destaque para a Medicina -, passando por um dos mais renomados cursos preparatórios de residência médica a título de especializações clínicas. Em uma abordagem metodológica inovadora, que combina conteúdo integrado, aprendizado interativo e uma experiência adaptativa para alunos de Medicina ao longo de sua formação profissional, o grupo oferece aos estudantes acesso a materiais didáticos altamente tecnológicos, incluindo tutoriais em vídeo, podcasts, materiais de leitura, plataformas e questões práticas.

Primeira empresa de educação médica do mundo a abrir capital na Nasdaq, em julho de 2019, a Afya escolheu a bolsa americana pelo alinhamento daquele mercado e das outras empresas lá listadas com o trinômio educação & saúde & tecnologia. Afya transformando a saúde através da educação e tecnologia.

Últimas Notícias

Notícias Relacionadas