terça-feira, janeiro 31, 2023
terça-feira, janeiro 31, 2023

Marfrig lança portal de interação com o setor pecuário do país

Por Joana Lopo

Na 6ª posição da lista dos produtos mais exportados pelo Brasil, o mercado de pecuária ganhou na última quinta-feira (15) um portal voltado para criadores e afins. A iniciativa foi da Marfrig, líder global em produção de hambúrgueres e uma das maiores empresas de carne bovina do mundo. A empresa, atenta às necessidades de uma maior presença em ambiente digital, aproveitou o Dia do Pecuarista, comemorado nesta data, para anunciar, em transmissão via YouTube, uma série de videoconferências com temas caros aos agentes desse setor, que movimentou nada menos do que R$ 8,5 bilhões em exportações no ano passado.

Com isso, a meta da Marfrig é dar mais condições para o produtor produzir mais, com menor custo e melhor qualidade. “Sabemos que ainda podemos melhorar muito. Por isso, nosso portal vai centralizar informações sobre compra e venda de gado, manejo, bem-estar do animal e outros assuntos. Mas isso não quer dizer que vamos substituir nossa relação pessoal, essa é fundamental. Nosso canal só chega para somar e facilitar as transações”, explica o presidente do Conselho de Administração da Marfrig, Marcos Molina.

Acompanhado pela equipe do INEWSBR, o evento abordou o crescimento sustentável do setor, assim como o dia a dia do produtor e do negócio. Na ocasião, o professor da Universidade de São Paulo e da Fundação Getúlio Vargas, Marcos Fava, disse que o setor está causando um barulho importante no Brasil.

“São três a quatro empresas dominando o comércio internacional, temos o suco de laranja, o açúcar, a carne. Essas empresas estão fazendo o país crescer, dando mais valor. Nossas exportações estão sendo puxadas pela China e Ásia e vamos continuar crescendo nos próximos dez anos”, avalia Fava.

Segundo ele, na produção, em julho último, o Brasil ficou um pouco atrás apenas dos EUA, conforme dados do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), com 15,7% de quota de mercado (o marketing share). Enquanto o país abriu 900 mil toneladas e conquistou 22% da exportação mundial de carne bovina, em 2011, Fava prevê que em 2030 o país dominará 30% das exportações.

Mas isso é previsão. Atualmente o mercado já gera R$ 104 bilhões  em impostos e movimenta R$ 42 bilhões em salários. Até dezembro de 2019, a exportação brasileira de carne de bovina congelada, fresca ou refrigerada representou um total de 2,9%, o que é equivalente a US$ 6,49 bilhões. Os principais destinos da carne de boi foram China e Hong Kong, com 41% e 11% respectivamente, entre outros destinos.

Os números demonstram a importância desse mercado para a economia interna. Mas como todos os outros, existem desafios. Fava disse que é preciso explorar alguns pontos, uma espécie de dez mandamentos do setor da pecuária, que são: o cooperativismo agro, o aproveitamento de alimentos, matas ciliares, bem-estar animal, novos alimentos, bioeconomia, agricultura digital, melhoramento genético, agro colaborativo e atividades secundárias. Seguindo essa cartilha, para ele, o segmento, que já é consolidado, só tende a desbravar novos destinos e dominar o mercado de exportação mundial.

A Marfrig

Marfrig Global Foods é uma das maiores companhias de alimentos à base de proteína animal do mundo, fundada em 2000. Sua plataforma operacional diversificada e flexível é composta por 50 unidades produtivas, comerciais e de distribuição instaladas em doze países, nos quatro continentes. Tem capacidade global de 31,2 mil cabeças de gado por dia, 222 mil toneladas de hambúrguer ao ano, 209 mil toneladas de outros produtos de marcas especiais. Suas operações abrangem os mercados das américas e outros principais do mundo.

São 21 unidades de abate de bovinos, 12 unidades de produtos de marcas especiais, 10 centros de distribuição, 11 países das Américas, Europa e Ásia. É a quarta maior processadora de carne do país, sendo a segunda maior operação de carne bovina. Seu papel hoje está em R$ 18,54, com receita em R$ 17,24 bilhões e valor de mercado em R$ 11,75 bilhões.

Últimas Notícias

Notícias Relacionadas