quarta-feira, julho 24, 2024
quarta-feira, julho 24, 2024

Multilog inaugura novo armazém geral químico em Santa Catarina

A Multilog, uma das maiores operadoras de logística integrada do Brasil, acaba de inaugurar o seu Armazém Geral Químico (AGQ) de Itajaí, em Santa Catarina, considerado o mais completo operado por uma empresa logística no País, e que segue os mais rigorosos padrões de segurança e de sustentabilidade ambiental do setor. O empreendimento, no qual foram investidos R$ 50 milhões, é parte da estratégia de crescimento da empresa, que inclui reforçar suas capacidades em setores de crescimento acelerado.

Projetado para atender as demandas de armazenagem e logística de petroquímicas, agroquímicas, farmacêuticas e demais empresas do segmento químico, o AGQ possui a mais alta classificação aplicável a um depósito de químicos, sendo habilitado para a manipulação, armazenamento e distribuição de líquidos, gases inflamáveis ou combustíveis.

“Estamos entregando ao mercado um novo armazém totalmente preparado para atender a demanda do setor Químico, que busca, cada vez mais, soluções de logística integrada dentro dos mais altos padrões de segurança e sustentabilidade” afirma Alexandre Heitmann, diretor de Desenvolvimento de Negócios da Multilog.

Um dos diferenciais oferecidos pelo novo AGQ da Multilog é a capacidade de armazenamento compartimentado de cargas inflamáveis, com equipamentos blindados (luminárias, cabos e equipamentos elétricos). Além de prevenir a incompatibilidade entre cargas químicas diversas, a compartimentação contribui para minimizar os impactos no escalonamento de eventuais sinistros.

O novo armazém químico da Multilog possui sistemas de contenção para derramamento de produtos químicos e de combate a incêndio de ação que atuam de forma autônoma do modelo Fire Dos Kidde, que age com a aplicação de espuma. Conta ainda com sistema de sprinklers e alarmes de detecção de fumaça por infravermelho e por temperatura.

Com capacidade para 10 mil posições, o AGQ pode receber cargas de sete das nove classes de risco, incluindo gases, líquidos e sólidos inflamáveis, matérias sujeitas à inflamação espontânea e aquelas que, em contato com a água, liberam gases inflamáveis. Adicionalmente, pode receber substâncias oxidantes, tóxicas, corrosivas e peróxidos orgânicos, além de outros artigos perigosos.

A operação do novo AGQ da Multilog em Itajaí está amparada por licenças ambientais junto ao INIS (Instituto Itajaí Sustentável), IBAMA, Corpo de Bombeiros na categoria M2, e demais licenças para químicos controlados pelo Exército e pelas Polícias Civil e Federal.

Sustentabilidade

Em termos de sustentabilidade ambiental, o novo armazém geral químico da Multilog conta com sistema de captação de água da chuva com 80 mil litros de capacidade, para utilização da água de reuso em banheiros e jardins. Telhas translucidas priorizam a iluminação natural.

Além disso, possui uma ETE (Estação de Tratamento de Efluentes) e sete poços piezométricos de monitoramento, para o controle da qualidade das águas subterrâneas.

O complexo conta ainda com uma central para o recebimento de resíduos, desde reciclados até contaminados, e para o atendimento de empresas parceiras licenciadas e contratadas para a destinação final. Em caso de sinistro, todo o resíduo é direcionado ao sistema de contenção.

Uma equipe dedicada e especializada formada por farmacêuticos, químicos, técnicos de segurança do trabalho e bombeiro civil participam da operação do novo armazém. Nesta unidade, a Multilog utiliza um software de controle e monitoramento de requisitos legais, para garantir o atendimento à legislação aplicável e às regras de compliance, bem como para a gestão das licenças necessárias.

Além do AGQ de Itajaí, a Multilog possui outros armazéns químicos distribuídos pelos estados do Paraná, São Paulo e da Bahia.

Últimas Notícias

Notícias Relacionadas