sábado, abril 13, 2024
sábado, abril 13, 2024

Após levantar R$14 milhões, 77Sol projeta crescimento de 30% em 2023

Maior e mais completo ecossistema de energia solar do Brasil, a 77Sol projeta um aumento de aproximadamente 30% em seu faturamento para 2023. Para atingir esse objetivo, a empresa vem se utilizando de um plano de ação construído a partir do aporte de R$ 14 milhões captado junto a EDP Ventures e Crescera Capital, no começo deste ano.

Fundada em 2020 com o propósito de tornar a geração de energia fotovoltaica mais simples e acessível em todo o país, a energytech fechou o ano passado com um faturamento de R$ 114 milhões, o que representou um crescimento de 684% frente a 2021. A receita líquida no período foi de R$ 78 milhões.

Para 2023, além do crescimento no montante arrecadado, a startup prevê ampliar a rentabilidade de sua operação em 100% e contar com mais de 15 mil integradores cadastrados em sua plataforma. Outro objetivo da marca é atingir 6.000 projetos entregues e formalizar a parceria com mais seis instituições financeiras com ofertas instantâneas de crédito.

Já internamente, a corporação, que atualmente possui cerca de 70 colaboradores, pretende ainda neste ano investir na ampliação da equipe de tecnologia com o intuito de impulsionar o desenvolvimento e aprimoramento da plataforma. O time comercial também deverá ser expandido visando auxiliar o integrador solar a usar a ferramenta da melhor forma possível.

De acordo com Luca Milani, CEO e fundador da 77Sol, o grande objetivo da energytech é fazer com que a democratização do mercado de energia solar de fato saia do campo da ideia e realmente parta para a ação. “Trabalhamos todos os dias para oferecer uma plataforma digital capaz de agilizar e profissionalizar cada vez mais pequenas e médias empresas, que estão vendendo uma energia limpa, barata e infinita”, destaca.

Trabalho voltado para democratizar e desmitificar o setor

Por meio de sua tecnologia proprietária, a 77Sol conecta clientes interessados em investimentos sustentáveis com as principais empresas e integradores do setor, fornecendo equipamentos e mão de obra especializada. Mais do que isso, a companhia dispõe ao usuário ainda a possibilidade de contar com financiamentos junto a instituições parceiras para a viabilização dos projetos. Com todo esse trabalho, a startup torna mais simples e acessível a geração de energia fotovoltaica em todo o país.

Hoje, com o foco em manter o crescimento acelerado do projeto, a energytech tem trabalhado para oferecer os melhores equipamentos e soluções de crédito para os integradores parceiros, contribuindo para o aumento do nível de competitividade desses profissionais ao ampliar a oferta dos serviços na plataforma. Além disso, a startup tem investido no aprimoramento de sua tecnologia proprietária, a fim de torná-la ainda mais intuitiva e ágil para os seus usuários.

“Queremos ser inovação num mercado tradicional. Para isso, precisamos desmistificar a complexidade de aquisição de um sistema fotovoltaico para consumidores finais, apostando num sistema que ofereça segurança e tranquilidade na compra”, adiciona Milani.

Sobre a 77Sol

A 77Sol é o mais completo ecossistema de energia solar no Brasil. Por meio de sua plataforma, a startup conecta clientes interessados em investimentos sustentáveis com as principais empresas e integradores do setor, fornecendo equipamentos e financiamentos para a viabilização dos projetos. Com isso, a companhia torna mais simples e acessível a geração de energia fotovoltaica em todo o país. Fundada em 2020, a 77Sol possui uma base acima de 12 mil integradores em todo o Brasil, sendo responsável por entregar cerca de 1.5 milhão de módulos fotovoltaicos.

Últimas Notícias

Notícias Relacionadas