domingo, julho 21, 2024
domingo, julho 21, 2024

JSL adquire a FSJ Logística e expande as operações

A JSL (JSLG3), empresa com o maior portfólio logístico do Brasil, anuncia a aquisição da FSJ Logística Ltda, por meio de sua subsidiária TPC. A transportadora atua no chamado segmento “Middle Mile”, direcionado para o transporte de mercadorias para centros de distribuição ou armazéns. O fechamento da transação está condicionado ao cumprimento de obrigações e condições precedentes usuais a esse tipo de operação, incluindo a sua aprovação pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

Com a chegada da FSJ, a JSL reforça sua consolidação do setor de logística no Brasil e expande seu portfólio de operações com o transporte rodoviário de cargas fechadas (full truckload) para o varejo e para o e-commerce. A empresa dará todo o suporte à FSJ Logística para o novo ciclo de desenvolvimento da empresa, ao mesmo tempo em que manterá suas operações de forma independente.

“Essa é mais uma aquisição que complementa nosso mix de serviços, dessa vez expandindo nossa presença no middle mile, ou seja, a distribuição entre CDs. Além disso, são mais de 500 colaboradores que compartilham dos mesmos Valores e Cultura da JSL, construindo relacionamentos de longo prazo com os clientes e com foco na excelência operacional, sempre prezando pela qualidade, segurança e desenvolvimento sustentável”, destaca Ramon Alcaraz, CEO da JSL.

Com o fechamento da transação, a JSL adiciona cerca de R$300 milhões à Receita Bruta, que totalizaria R$9,5 bilhões com base no nos últimos 12 meses terminados em março (considerando a aquisição da IC Transportes concluída em abril de 2023). Em relação ao formato da transação, o contrato prevê a aquisição de 100% da FSJ Logística por R$108,6 milhões de Equity Value. O pagamento do Equity Value será realizado 50% à vista e 50% em 2 parcelas anuais de igual valor.

Segundo Ramon Alcaraz, com o bom desempenho das demais empresas adquiridas, temos um crescimento orgânico de em média, 25% nos últimos 8 trimestres, somado à estratégia de crescimento inorgânico. Com o suporte da JSL, essas empresas têm conseguido reduzir seus custos equivalentes a, aproximadamente, 2% de suas receitas, impacto que é diretamente capturado nos resultados dessas empresas”, relata.

A JSL fatura cerca de R$9,5 bilhões, com um EBITDA de R$1,5 bi e a FSJ tem uma frota avaliada em R$93 milhões e com idade média de 4,2 anos. A companhia teve receita líquida de R$ 274 milhões no ano passado, com um EBITDA de R$42 milhões (números não auditados).

Últimas Notícias

Notícias Relacionadas