segunda-feira, janeiro 30, 2023
segunda-feira, janeiro 30, 2023

Itapemirim sai do chão e realiza primeiro voo de São Paulo a Brasília

Por Joana Lopo

A Itapemirim saiu do chão e fez o seu primeiro voo nesta terça-feira (29)  de São Paulo para Brasília, em num  Airbus A320, que tem capacidade para transportar até 162 passageiros (18 a menos do que a configuração máxima). Inicialmente, os voos serão para oito cidades brasileiras: São Paulo, Brasília, Belo Horizonte, Porto Alegre, Porto Seguro, Rio de Janeiro, Salvador e Curitiba, com preços a partir de R$ 119,90, incluindo feriados e datas especiais, a exemplo de Ano Novo e Carnaval.

Até junho de 2022, a ITA atenderá em sua malha 35 destinos nacionais, com frota prevista de 50 aeronaves. A venda de passagens é feita por meio do site www.voeita.com.br e também pelas agências de viagens. Como diferencial, a empresa possibilita o despacho gratuito de bagagem para todas as classes tarifárias e a marcação de assentos sem nenhum custo adicional, além de mais espaço entre as poltronas (entre 79 cm e 107 cm) e dentro dos padrões da categoria A do selo Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

A empresa

O Grupo Itapemirim iniciou as suas operações em 4 de julho de 1953, em Cachoeiro de Itapemirim, no Espírito Santo. À época, a sua frota era apenas de ônibus, composta por 16 veículos. A sua expansão aconteceu na década de 1960, com a conquista de linhas das regiões Norte e Nordeste e do trecho Vitória-Rio de Janeiro.

Com o passar dos anos agregou outras linhas a sua malha e hoje, a Viação Itapemirim percorre mais de 60 milhões de quilômetros por ano. Está presente em 70% do território nacional, atendendo cerca de 2,5 milhões de passageiros por ano, em 19 estados brasileiros. Possui mais de 350 ônibus e 89 linhas em operação e mais de dois mil pontos de vendas.

A empresa de transporte rodoviário atende 2,5 milhões de passageiros por ano, em 2.700 cidades de 19 estados brasileiros, com mais de 300 ônibus em operação. Emprega, atualmente, 1.500 colaboradores, além dos 510 que foram contratados para o setor da aviação.

Últimas Notícias

Notícias Relacionadas