terça-feira, janeiro 31, 2023
terça-feira, janeiro 31, 2023

Com plano de expansão robusto, Grupo Mateus chega ao Ceará

Por Geraldo Bastos

Guarde bem esse nome: Grupo Mateus. Com sede no Maranhão, e ainda pouco conhecida na maioria dos estados,  a quarta maior empresa de varejo alimentar do país –  com operações no setor de  supermercados, atacarejo, atacado, móveis e eletrodomésticos e e-commerce – tem implementado, nos últimos anos,  um robusto plano de expansão. No mês  passado, por exemplo, o grupo inaugurou duas novas unidades – uma no município de Floriano (PI) e a outra em Tianguá, o que marcou a chegada do grupo no estado do Ceará.

Com as inaugurações de maio, o Grupo Mateus encerrou o mês com 178 lojas em operação, sendo 56 de varejo, 37 de atacarejo e 85 de eletro. A empresa conta ainda 9 centros de distribuição.  Por estado, são 108 lojas no Maranhão, 61 no Pará, 8 no Piauí e  uma  no Ceará.  A empresa opera com as marcas Mix Atacarejo, Hiper Mateus,  Camiño Supermercados, Eletro Mateus e Armazém Mateus e emprega hoje cerca de 30 mil pessoas.

Situada no noroeste do estado, Tianguá foi a escolhida para receber a primeira operação cearense. Com aproximadamente 76 mil habitantes, a cidade recebeu um Mix Atacarejo, que conta com uma área de vendas de pouco mais de 4.000 m² e uma oferta de cerca de 10 mil produtos, além dos serviços de peixaria, açougue, padaria, frios e hortifrúti. Além da população da cidade, a nova loja deve atender os municípios de Viçosa do Ceará, Granja, Ubajara e São João da Fronteira, no limite com o Piauí. Por sua vez, Floriano, no Piauí, recebeu uma loja de Eletro.

“As aberturas realizadas em maio demonstram, mais uma vez, a importância da estratégia de adensamento de rotas e de multicanalidade da companhia, que nos permite operar o segmento de loja adequado e oferecer o melhor mix de produtos para cada região”, informa o grupo.

Números

No primeiro trimestre do ano (1T 21), o Grupo Mateus alcançou uma receita bruta de vendas de R$ 3,8 bilhões, com um  crescimento de 36,1% em relação a igual período do ano passado. Já o lucro líquido, nesta mesma base de comparação, atingiu R$ 157 milhões, o que representa um crescimento de 53,9%. O EBITDA ajustado, por sua vez, totalizou R$220 milhões, um aumento de 41,6%.

Durante o 1T 21, o Grupo Mateus inaugurou 11 lojas, totalizando 43 novas lojas nos últimos 12 meses e finalizando o trimestre com 170 lojas. O número de aberturas cresceu 57%, comparado ao 1T 20, mesmo sobre uma forte base de  lojas inauguradas no ano passado, reiterando a continuidade do robusto plano de expansão da empresa, ainda em um ambiente economicamente adverso e com limitações de construções, a exemplo de períodos de lockdown e  dificuldade de acesso a matérias-primas.

Para as lojas inauguradas no primeiro trimestre, o investimento totalizou  R$61 milhões. “A estratégia da empresa é se consolidar nos estados onde já atua e expandir  para novos estados”, afirma o grupo.

O grupo  encerrou o primeiro trimestre de 2021 com R$ 1,225 bilhão em  caixa  líquido, comparado a uma dívida líquida de R$ 666 milhões no 1T 20. A  variação representativa ocorreu em função de dois fatores: a entrada de  recursos do IPO (a empresa levantou R$ 4,6 bilhões)  e a amortização de  empréstimos, leasings e Finames junto aos bancos, realizada no final de 2020,  além da manutenção da estratégia de não captar novos empréstimos.

Últimas Notícias

Notícias Relacionadas