sexta-feira, fevereiro 3, 2023
sexta-feira, fevereiro 3, 2023

Avatim prevê dobrar de tamanho com plano audacioso de expansão

Por Joana Lopo

Em pleno processo de expansão, a Avatim, empresa brasileira de cosméticos e perfumaria, que no início do mês aderiu aos marketplaces (shoppings virtuais) do Mercado Livre, Magalu (Magazine Luiza) e Amazon, pretende dobrar de  tamanho em três anos. A aposta é audaciosa ao se considerar o momento de retração da atividade econômica,  imposta pela pandemia da covid-19, que prejudicou muitos setores produtivos do país.

Enquanto muitas empresas contabilizaram perdas ao final de 2020, a Avatim comemorou crescimento de 10%. Resultado acima dos 5% esperado para o final do ano. Para isso, antecipou  o lançamento do e-commerce para atender os clientes durante o período de isolamento. Essa ferramenta, a incorporação do delivery e a fabricação de álcool em gel (intensificada entre março e maio) foram ações emergenciais que contribuíram para um fechamento positivo mesmo diante da crise.

De acordo com o sócio fundador da marca, César Fávero (na foto que ilustra esta matéria ao lado da sócia Mônica Burgos), quando perceberam as mudanças no mercado, com as portas se fechando devido à crise sanitária, acabaram por antecipar o que estava previsto para ocorrer no final deste ano. “Essas duas alternativas geraram bastante resultado. Mesmo com a retomada do comércio, as vendas on-line representam, hoje, aproximadamente 10% do faturamento atual. Sem dúvida, a ampliação da presença digital e o alcance de novos mercados nos deu muito mais possibilidades, mas claro que nada substitui a presença na loja física, pois o nosso produto é muito sensorial”, disse Fávero.

Quanto aos Espaços Avatim, mais um novo modelo de negócios da empresa, surgiu para ampliar dos canais de vendas e a consolidar da internacionalização da marca. Conforme o diretor comercial da empresa, o executivo Victor Midlej eles funcionarão, de preferência, em cidades com menos de 100 mil habitantes e serão pontos de distribuição e treinamento para revenda, assim como para vendas ao consumidor final.

Sem dúvida, a ampliação da presença digital e o alcance de novos mercados nos deu muito mais possibilidades, mas claro que nada substitui a presença na loja física, pois o nosso produto é muito sensorial

“Além do baixo custo, com investimento a partir de R$ 90 mil, o Espaço Avatim é um negócio extremamente vantajoso por ter maior potencial de faturamento, com vendas aos dois tipos de público. Em função disso, estima-se uma rentabilidade a partir de 12%”, destaca o diretor.

Midlej revela, ainda, que o plano de crescimento envolve a retomada de nichos específicos, como o de hotelaria. Segundo ele, neste ano a Avatim entrará com uma linha diferenciada de produtos para grandes varejistas. “Estamos em fase de negociações com redes farmacêuticas, que já estão avançadas. A marca volta com entusiasmo ao ramo de SPA e hotelaria e recentemente fechou acordo com os luxuosos Tivoli e Bourbon”, conta.

Outro fator que contribuiu para a expansão da marca foi a maior necessidade que das pessoas de complementarem suas rendas. “Nosso canal de distribuição e revenda cresceu mais de 50% com a pandemia. Muita gente, hoje tem a Avatim como renda principal. Por isso, nos próximos anos, pretendemos dar uma atenção especial para esse mercado de vendas diretas”, assegura o diretor comercial.

São Paulo

Nascida em Ilhéus, sul da Bahia, a empresa que é pioneira no mercado de aromatização de ambiente, tem no portfólio mais de 400 produtos inspirados na biodiversidade brasileira. São produtos para uso pessoal e para ambientes, como os difusores, perfumes para interiores, assim como hidratantes, esfoliantes, sabonetes, colônias, entre outros, que não possuem parabenos em suas fórmulas e também não passam por testes em animais.

São mais de 170 lojas no Brasil, das quais mais de 30 ficam na Bahia. Está presente em 26 das 27 capitais brasileiras, sendo que somente o estado do Amapá ainda não tem uma loja física da marca. Com isso, a Avatim gera, em suas lojas, mais de 500 postos de trabalho, além dos 280 empregos diretos das fábricas.

Para atender ao plano de expansão, no fim do ano passado instalou um Centro de Distribuição em São Paulo. É um galpão de 1.300 m², que facilitou a logística para as regiões Sudeste e Sul.

No plano de internacionalização da Avatim também integram as estratégias para cumprir a meta de crescimento da empresa. Assim, a marca está presente em Portugal e Espanha por meio das vendas diretas. Segundo o diretor executivo da Avatim, os procedimentos para implantação das lojas no exterior serão retomados em breve. Na Europa, a primeira unidade será em Madri. E na América Central, o México receberá franquias em formato de quiosques.

Últimas Notícias

Notícias Relacionadas