sexta-feira, fevereiro 3, 2023
sexta-feira, fevereiro 3, 2023

Ânima Educação lucra R$56,3 milhões e anuncia integração com as instituições da Laureate Brasil

A Ânima Educação, que acaba de completar 18 anos de história, encerrou o primeiro trimestre de 2021 com lucro líquido ajustado de R$56,3 milhões, 28,5% a mais em comparação com o 1T20. Já em receita líquida, a organização educacional alcançou R$416 milhões representando um aumento de 22,8% em relação ao ano anterior. A empresa, ainda, no mesmo período, apresentou um EBITDA sjustado de R$146,5 milhões, sendo 23,9% superior a 2020 e margem EBITDA ajustada de 35,2%.

O trimestre registrou novamente impacto positivo da continuidade do amadurecimento dos ganhos de eficiência do modelo acadêmico E2A. Estas características contribuíram para um aumento de base de alunos de 11,3%, com um ticket líquido médio superior em 12,1% em relação ao 1T20. Além disso, a taxa de evasão da graduação no 1T21 foi de 7,0%, representando 0,5% inferior ao mesmo período do ano anterior.

Em geração de caixa operacional, a Ânima Educação apresentou crescimento de R$33,7 milhões, totalizando R$144  milhões, em relação ao primeiro trimestre de 2020. A partir deste resultado positivo, a companhia manteve o seu plano estratégico em aquisições e anunciou o início do processo de integração com a Laureate Brasil.

Fusão

Aprovada sem restrições pelo Cade, a fusão coloca a companhia como a 4ª organização educacional do país em número de alunos e 3ª em receita líquida. Juntas, as empresas reunirão uma comunidade de aprendizado de mais de 350 mil pessoas, formada por mais de 330 mil estudantes e 18 mil educadores, distribuídos em 16 instituições de ensino superior, além de oito (8) marcas que são referências em suas áreas de atuação e o Instituto Ânima. Com presença em 12 estados do Sudeste, Sul, Nordeste e Centro-Oeste e quase 550 polos de ensino digital, a Ânima amplia sua presença por todo o Brasil.

A integração das duas companhias ainda fortalecerá a organização na área da saúde, tornando a empresa um dos principais players na educação continuada neste segmento e que passa a contar com mais de 10,7 mil alunos e 1.720 vagas anuais, localizadas em cinco capitais e grandes cidades do Brasil. O segmento já estava na estratégia da organização que vem investindo no desenvolvimento e infraestrutura nos últimos anos. A Ânima já possui a Inspirali, vertical de medicina, que fechou o primeiro trimestre com uma receita líquida em R﹩96,5 milhões, representando 23,4 % da receita líquida consolidada.

“Os resultados obtidos mostram que estamos no caminho certo para transformar o Brasil pela Educação, com qualidade, metodologia diferenciada e tecnologia inovadora. No ano em que completamos a maioridade, iniciamos um novo capítulo da nossa história com a integração da Laureate Brasil, que nos posicionará como o terceiro maior player de educação superior em receita e com o portfólio de marcas mais valiosas”, reforça Marcelo Bueno, CEO da Ânima Educação.

 

 

Últimas Notícias

Notícias Relacionadas