terça-feira, maio 30, 2023
terça-feira, maio 30, 2023

Atlantic Nickel investe R$151 milhões em compras e contratos com fornecedores baianos

A Atlantic Nickel, única empresa no Brasil produtora de níquel sulfetado, matéria-prima fundamental na fabricação de baterias para carros elétricos, injetou R$151 milhões em compras e contratos com fornecedores da Bahia entre 2018 e 2020.

Com 67,7 mil toneladas exportadas no ano passado, resultado de uma operação que emprega mais de 1.700 pessoas em Itagibá, o desenvolvimento econômico da comunidade a que pertence se mantém como um dos principais indicadores que vão nortear as atividades da companhia em 2021.

O objetivo é manter o cenário de prioridade às relações comerciais com fornecedores da Bahia, sobretudo, aqueles sediados no território de atuação da empresa. Já são 2.140 estabelecimentos em toda a Bahia cadastrados pela Atlantic Nickel para aquisição de produtos e serviços, mais da metade deles pertencentes à microrregião Itagibá-Ipiaú.

O propósito permanente de desenvolvimento regional proporcionou, entre os anos de 2018 e 2020, o direcionamento de R$ 75,2 milhões pela companhia para a realização de compras a partir de fornecedores sediados em municípios baianos. Este número representa 26% do total de transações, na modalidade pedido de compras, realizadas pela empresa no período.

Outro índice importante, os contratos firmados para prestação de serviços corroboram com esta perspectiva de fomento à economia local, além de atuar na valorização da mão-de-obra, circulação de renda e oferta de postos de trabalho no interior da Bahia. Resultado das parcerias com fornecedores regionais no setor de serviços, são mais de R$ 75,7 milhões investidos até o final do ano de 2020.

“Estes números representam os esforços contínuos para contribuir com o desenvolvimento econômico e social do estado da Bahia, o que seguirá em 2021 como propósito permanente dentro da Atlantic Nickel”, diz a empresa, em nota.

Sobre a Atlantic Nickel

Controlada pelo grupo Appian Capital Brazil e única empresa produtora de níquel sulfetado no país, a Atlantic Nickel completou, no dia 15 de outubro de 2020, um ano de operação no interior da Bahia, período em que vem atuando na extração do minério fundamental para a fabricação de baterias de veículos elétricos, atendendo a uma demanda internacional em franca expansão. São aproximadamente 1.700 empregos diretos gerados pelo negócio.

A projeção é dobrar a capacidade produtiva, com o início da operação subterrânea na Mina Santa Rita, prevista para 2028, o que vai elevar o tempo de vida útil da mina de oito para 34 anos (8 anos de mina a céu aberto + 26 anos de mina subterrânea). De acordo com a Avaliação Econômica Preliminar, cerca de US$ 355 milhões devem ser investidos nos primeiros cinco anos desta nova fase.

Para além disso, a Atlantic Nickel já comemora a recente descoberta de um novo depósito com potencial significativo de recursos de níquel a apenas 26km de distância, e no mesmo cinturão geológico, de onde já funciona a Mina Santa Rita. A proximidade desta nova área com a infraestrutura em operação, somada à viabilidade de integração logística, apontam para o sucesso dos estudos de expansão.

Últimas Notícias

Notícias Relacionadas